Emissoras

Globo escala William Bonner para comandar cobertura da votação do Impeachment

Com toda a programação do próximo domingo (17) dedicada a votação do Impeachment, assim chamada a que definirá o destino da presidente Dilma Rousseff, após confirmada a transferência da partida de futebol para o sábado (16), a Globo está começando a montar suas estratégias.

Numa disputa que também será de audiência, já que a Record escalou todos os seus principais nomes do jornalismo, a emissora carioca se mostrará superior no momento que promete ser histórico. De acordo com a colunista Lígia Mesquita, assim como faz nas coberturas das Eleições, William Bonner foi escolhido e estará para ancorar a transmissão direto dos estúdios do Rio de Janeiro durante o momento da votação.

Veja também:

Com os comentários e um cenário igual ao de 1992, Bonner estará fazendo seus palpites até o início do “Fantástico”, quando Tadeu Schmidt e Poliana Abritta assumem provavelmente já com o resultado dos votos que serão dados em público pelos deputados.

(William Bonner no comando do "Debate" das eleições 2014)

(William Bonner no comando do “Debate” das eleições 2014)

Você também pode gostar