Noticia, Novelas, O Sétimo Guardião

Globo escala Eduardo Moscovis para interpretar gato super-herói em O Sétimo Guardião

Embora ainda não saiba quando o ator Eduardo Moscovis aparecerá na novela O Sétimo Guardião, a TV Globo já definiu que ele interpretará a versão humana do gato León. De acordo com informações divulgadas pelo colunista Flávio Ricco, Moscovis fará um super-herói na trama de Aguinaldo Silva, fato este que envolve “todo um mistério sobre quando um será trocado pelo outro”.

No mais, a publicação também destaca que apesar de haver um longo processo de preparação, que inclui efeitos especiais (já que a novela aborda o tema realismo fantástico), um outro fator vem contribuindo para que o ator atrase um pouco mais sua aparição na história.

O problema é que nos próximos capítulos um homem misterioso e todo encapuzado surgirá na fictícia cidade de Serro Azul, mas, especialmente, quando Luz (Marina Ruy Barbosa) estiver enfrentando algum perigo em sua vida. Trata-se do próprio Edu Moscovis, que é o gato León. Entretanto, a partir do momento em que alguma pessoa começar a correr atrás do homem para tentar descobrir sua verdadeira identidade acabará apenas se deparando com o gato preto.

Eduardo Moscovis fará a versão humana do gato León (Foto: Estevam Avellar/TV Globo)

Eduardo Moscovis fará a versão humana do gato León (Foto: Estevam Avellar/TV Globo)

Crédito a alunos

O escritor Silvio Cerceau, aluno de Aguinaldo em 2015, entrou com uma liminar que impedisse que a novela fosse para o ar se caso a Globo não desse o devido reconhecimento como co-autor da trama. Cerceau afirma que a sinopse de O Sétimo Guardião e os seus personagens foram criados por ele e mais 25 alunos em sala.

Veja também:

“A estreia e manutenção da exibição da obra sem os devidos créditos ao réu constituem verdadeiro perigo ao resultado útil do processo, tendo em vista que a creditação pós-término da obra seria, além de tecnicamente inviável, extremamente prejudicial ao réu, parte claramente vulnerável na relação. Ademais, a exibição da obra sem os devidos créditos constituiria grave ofensa ao direito autoral, especialmente ao critério da inalienabilidade e irrenunciabilidade dos direitos morais”, diz trecho da liminar aberta por Silvio.

Segundo a juíza responsável pelo caso, a liminar concedida seria favorável a Silvio. Em consequência disso, a Globo, para não ter sua estreia ameaçada, se antecipou a decisão da Justiça e acabou dando o crédito aos 26 alunos na sinopse da trama. Os créditos foram apresentados em segundos. Segundo Silvio Cerceau, “a justiça começou a ser feita”.

Nome de todos os colaboradores, alunos de Aguinaldo Silva, nos créditos de O Sétimo Guardião, da Globo (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar