Emissoras

Globo é vítima de ataques por emissora de TV argentina; saiba mais!

Uma emissora de Televisão na Argentina, chamada de C5N, realizou um editorial no telejornal “El Diário” fazendo diversas críticas à TV Globo por causa da cobertura que o canal carioca desempenhou sobre o envolvimento dos ex-presidentes Lula e Dilma no escândalo da JBS.

Na ocasião, o “Jornal Nacional” chegou a noticiar no dia 19 de março que o empresário Joesley Batista “havia delatado contas correntes no exterior em nome dos petistas, quando na verdade o empresário havia dito que mantinha no nome dele duas contas com dinheiro destinado aos acusados, para ser usado em campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores”.

Além do mais, ainda de acordo com a emissora internacional, a TV Globo se utilizou das acusações contra o presidente Michel Temer para também denunciar os petistas. “Nas primeiras 24 horas, a notícia foi capa dos jornais argentinos Clarín e La Nación, que têm o mesmo critério jornalístico, de jornalismo lixo, jornalismo de guerra. Guerra contra os mais vulneráveis, contra o povo, contra tudo que possa representar os que defendem o povo”, disse o editorial.

Veja também:

Em seguida, a Rede de Televisão argentina passou a atacar a emissora dos Marinho. “A Globo está dizendo [isso] aos brasileiros que assistem este noticiário, que é o mais importante do Brasil. Como aconteceu na adulteração da democracia na Argentina, o que eles estão fazendo é adulterar a democracia”, relatou.

“Não há contas no exterior. Nunca aparece absolutamente nada contra Lula. Tudo é persistentemente uma grande invenção. Um modo de ir contra um homem que pode representar os mais vulneráveis. E não à elite, da qual faz parte a Rede Globo. Não aos mais ricos. Não aos que têm tudo. Não aos que roubam tudo através do manejo da política”, finalizou.

TV Globo é atacada por canal argentino (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar