Emissoras, Globo, Noticia

Globo é ordenada pela Justiça, em segunda instância, a readmitir câmera do Faustão

De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a Justiça determinou em segunda instância que o câmera, que trabalhou no Domingão do Faustão durante 18 anos, deve ser readmitido pela Globo. O profissional foi demitido enquanto fazia tratamento contra o alcoolismo em setembro de 2018.

O juiz Thiago Melosi Soria, da 34ª Vara do trabalho, já tinha determinado que o ex-funcionário fosse reintegrado ao seu cargo, sob pena de R$ 500 diários até o cumprimento da decisão. Nesta terça-feira (15), a Justiça manteve a sua decisão contra a Globo, acabando com qualquer tentativa da emissora anulação.

A desembargadora Lychantia Carolina Ramage, da 4ª turma do TRT (Tribunal regional do Trabalho) negou pedido de liminar no mandado de segurança da emissora carioca contra a decisão da 34ª Vara. A Globo foi procurada para comentar o caso, mas não se manifestou até o momento.

Veja também:

“O receio de dano irreparável ou de difícil reparação é justificado, diante da doença do autor, e da necessidade de dar continuidade ao tratamento médico”, afirmou o juiz na sentença de primeira instância, e que foi mantida pela segunda.

Segundo informações, diversas pessoas tinham conhecimento sobre o estado do câmera. Ele chegava a ser ignorado para as festas de fim de ano da empresa. “Trata-se de doença estigmatizante, com relevantes reflexos sociais, não cabendo a demissão do trabalhador em tratamento da doença, ainda mais em uma emissora como a TV Globo”, declarou Soria em primeira instância.

Fausto Silva (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar