Globo, Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso, Segundo Sol

Globo é novamente acusada de racismo por cena em presídio

No momento em que Fabiana (Fernanda Rodrigues) foi presa, um tumulto em sua cela se inicia e podemos ver a personagem ser intimidada por várias colegas de cela que a tratam com desprezo. Com exceção da loira, todas as figurantes escaladas como presidiárias eram negras. A cena foi logo considerada racista por telespectadores, e infelizmente a exibição em meio à polêmica envolvendo Segundo Sol, que se passará na Bahia e não tem negros protagonistas só aumentou o desconforto. 

A cena, exibida na quarta-feira (9) mostrou a chegada de Fabiana à prisão. Sendo levada à sua cela, ela já ouvia gritos e olhares curiosos e maliciosos das outras detentas. As mulheres, com aparência cansada e maltratada, chamaram a vilã de “patricinha” e iniciaram uma serie de provocações. Fabiana terminou sua participação na novela gritando, numa cela rodeada por prisioneiras negras. 

Durante da exibição do capítulo, internautas chamaram a atenção para o fato de a Globo só escalar vários atores negros em uma cena quando ela acontece na prisão. Algo semelhante já havia acontecido, a sequência em que Vinicius (Flávio Tolezani) foi assassinado numa penitenciária também teve maior participação de figurantes negros, mas tão exagerada como no caso de Fabiana. 

Veja também:

Acusada ainda assim de “embranquecer” a Bahia na novela Segundo Sol, a Globo fez na semana passada uma reunião, solicitada por um grupo de atores, para explicar o posicionamento da empresa sobre os comentários críticos à escalação da novela. A Rede Globo foi alvo de muitas críticas e até de campanhas nas redes sociais, que mostravam vários atores talentosos que poderiam estar na novela. 

Fabiana em O Outro Lado do Paraiso (foto: Reprodução)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar