Emissoras

Globo é criticada por cobrar alto valor para assinantes do pay-per-view do “BBB 17”

Todo ano quando se inicia mais uma competição no “Big Brother Brasil”, a Globo alcança um alto faturamento com patrocínios, mas, além disso, o que também traz muito lucro para emissora são as assinaturas do pay-per-view do reality, que, para quem não sabe, é um pacote de TV por assinatura que permite que o público assista a atração 24h, ao vivo.

Com a 17ª edição do “BBB”, a situação não está sendo diferente, porém, o canal dos Marinho se tornou alvo de críticas por conta do preço do pay-per-view. Nas redes sociais, alguns internautas se mostraram indignados com o valor cobrado pela Globo e chegaram a sugerir um preço mais barato, já que a crise econômica do Brasil está cada vez pior.

Veja também:

“Pessoalmente, achei muito caro o preço do PPV do BBB. Uns 19 reais por mês tava de bom tamanho”, sugeriu uma internauta. “Nossa, Globo, precisa cobrar esse preço absurdo para os assinantes do pppv? Uma emissora milionária fazendo isso, que feio!”, disparou outra. “Eu queria assinar o PPV do BBB mas nesse preço não vai rolar”, afirmou uma terceira.

Tiago Leifert comanda o “BBB 17” (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar