Emissoras

Globo é criticada pelo fato de não usar o seu plantão em notícias urgentes

Nos últimos dias, o mundo viveu uma série de notícias que se deu com a queda de um avião no Egito, depois veio a queda de um outro avião na Rússia, aí veio o rompimento da barragem em Mariana-MG e por último os atentados terroristas na França que resultaram na morte de centenas de pessoas. Porém quanta dessas vezes você viu a Globo invadir a tela da sua programação com o seu tradicional plantão? Nenhuma.

E bastou isso para que a Globo recebesse inúmeras críticas dos telespectadores, que já apontam um desfasamento no jornalismo da casa, além de falta de agilidade nas informações. Um claro exemplo disso é que o “Jornal Nacional” recebeu inúmeras críticas na semana passada por tratar os atentados na França como uma notícia sem importância e dando destaques a notícias que poderiam ser veiculadas em um outro dia, sem nenhum tipo de problema.

Para termos uma comparação da falta de interpretação da gravidade da notícia, enquanto a Globo abriu o seu telejornal principal, com informações vagas. A Record já abriu o seu principal telejornal com imagens ao vivo da correria nos locais que foram atacados na França. Embora pareça algo normal, não é. Tendo em vista que a Globo é a emissora com maior suporte internacional, sendo assim deverá ser aquela que chegará primeiro na informação.

(Foto: Internacional)
(Foto: Internacional)