Emissoras

Globo continua lutando na Justiça para não perder os direitos de transmissão da Libertadores

Em dezembro do ano passado, o Famosos na Web trouxe uma matéria na qual mostrou que a Globo tinha acionado um batalhão de advogados para lhe defender. Isso porque o escândalo da Fifa que recaiu sobre a Conmebol, estava ameaçando a TV Globo de perder os direitos de exibição da Libertadores entre 2019 e 2022. Acontece que a emissora já comprou esses direitos.

Para ser mais claro, a TV Globo negociou a compra dos direitos com duas empresas de marketing a T&T e a Torneos & Traffic. Essas empresas negociavam as vendas do torneio organizado pela Conmebol. Acontece que no ano passado durante o escândalo da Fifa, essas duas empresas foram envolvidas e por isso a Conmebol decidiu romper relações com essas empresas de marketing que automaticamente perderam o direito de negociar a venda do campeonato.

Com isso a Conmebol pensa em colocar no mercado os direitos de exibição a venda novamente. A Globo alega que já comprou esses direitos e não vai perder e ainda aponta a possibilidade da confederação estar agindo de má fé, visto que pretende vender aquilo que já foi comprado para obter um lucro maior. O processo ainda estar em andamento, mas é  bem provável que a Globo vença, afinal de contas o valor foi pago as empresas de marketing que mesmo sendo excluídas pela Conmebol, deveriam repassa esses direitos para as empresas que viessem a lhe suceder.

(Globo está lutando na Justiça para não perder direitos)
(Globo está lutando na Justiça para não perder direitos)