Emissoras

Funcionários da Record vão fazer paralisação geral

Durante meses, os funcionários da Record convivem com o medo das notícias sobre o projeto de terceirização, a começar pelo setor de teledramaturgia, no Recnov. Até agora, ninguém da diretoria da emissora dos bispos manifestou-se. Ninguém da alta cúpula foi acalmar os ânimos, como informa o jornalista Flávio Ricco.

Diante de todo esse falatório externo, vindo da própria imprensa e ao silêncio da emissora, que nunca se manifesta, criou-se um verdadeiro clima de terror instalado, principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo. O temor de demissões em massa está tão grande, que já se cogita até a possibilidade de uma convocação de uma paralisação completa para provocar algum tipo de resposta dos executivos do canal.

Porém, o que se sabe é que há, de fato, o plano de terceirizar toda a produção e setores do jornalismo. E que  muitas dessas providências já foram e estão sendo tomadas, sem ninguém saber de nada. Agora fica a pergunta: por que não agem, para o bem e a tranquilidade de todos os seus funcionários, de forma mais transparente?

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Veja também:

Curtidas

Você também pode gostar