Programas

Fracasso em audiência, Exathlon Brasil faz sucesso no mercado comercial

Dado como a grande aposta para o segundo semestre deste ano, a Band mais uma vez não teve sorte e têm obtido os mesmos resultados do X Factor Brasil, com o Exathlon Brasil. Lançado no final de setembro e chegando a ter boletins diários, com exibições após o Jornal da Band, o reality show já pode ser considerado mais um fracasso para a lista da rede paulista.

Entretanto, mesmo que a atração comandada por Luís Ernesto Lacombe esteja obtendo índices bastante aquém do esperado, o resultado do formato na tabela comercial têm sido animadores. Isso porque, de acordo com informações da emissora, um anúncio de apenas 30 segundos durante a exibição do programa custa cerca de R$ 210 mil.

O preço, no entanto, fica atrás apenas de outras atrações como Pânico na Band, MasterChef Profissionais, UEFA Champions League e Jornal da Band, mas é mais caro quando se comparado, por exemplo, ao Brasil Urgente, apresentado por José Luiz Datena, que custa em torno de R$ 101 mil, e ao Jogo Aberto, apresentado por Renata Fan, avaliado em R$ 104 mil.

Veja também:

Entretanto, o Brasil Urgente e Jogo Aberto chegam a alcançar médias quase triplas sobre o Exathlon. Para se ter uma ideia, o boletim diário que vai ao ar de segunda à sexta-feira, acumula média de apenas 2.3 pontos, enquanto as exibições às segundas e quintas, às 22h30, totalizam apenas 1.8 até então, de acordo com dados consolidados do Kantar Media Ibope. Cada ponto equivale a 70.5 mil domicílios na Grande São Paulo.

O reality consiste no confinamento de 20 participantes, onde 10 são famosos convidados pela produção e os outros 10 são anônimos que se inscreveram pela internet, numa praia localizada na República Dominicana. No jogo, eles se submetem a inúmeros desafios para conseguirem alcançar o prêmio de R$ 350 mil na final que ocorre em dezembro.

Luiz Ernesto Lacombe comanda o Exathlon Brasil, na Band (Imagem: Divulgação)

Você também pode gostar