Filmes

Fox se desculpa com mulheres e remove banners de “X-Men: Apocalipse”

O estúdio 20 Century Fox se envolveu em uma recente polêmica envolvendo seus banners de divulgação do filme “X-Men – Apocalipse”. A imagem foi acusada de incitação a violência contra a mulher, já que mostrava Apocalipse enforcando Mística.

Durante uma entrevista ao THR, a atriz Rose McGowan criticou durante a forma de divulgação: “Há um grande problema quando os homens e mulheres na 20th Century Fox pensam que violência casual contra mulheres é uma boa maneira de promover um filme. Não há contexto no cartaz, apenas uma mulher sendo estrangulada. O fato de ninguém ter impedido isso é ofensivo e, francamente, estúpido. Os gênios por trás disso precisam se olhar no espelho para pensar em como eles estão contribuindo para uma melhor sociedade.”

O caso repercutiu e fez o estúdio repensar sobre as propagandas espalhadas por todo o mundo. Em nota, a Fox se desculpou com as mulheres e vem removendo todos os banners.

Veja também:

“No nosso entusiasmo para mostrar a vilania do Apocalipse, sequer reconhecemos naquele momento a conotação perturbadora desta imagem durante o processo de impressão. Uma vez que percebemos como essa imagem pode ser insensível, nós rapidamente tomamos as medidas necessárias para remover esses materiais. Pedimos desculpas por nossas ações. Nunca iríamos perdoar a violência contra as mulheres”, comunicou o estúdio.

Cartaz de "X-Men: Apocalipse" causa polêmica

Cartaz de “X-Men: Apocalipse” causa polêmica

Você também pode gostar