Celebridades

Filho de repórter da Globo sofre ataque xenofóbico nos EUA: “Volta pro seu país, sua bicha”

Na noite de ontem, 13, a jornalista Sandra Coutinho, que é correspondente da Globo e da Globo News nos Estados Unidos, relatou uma história pessoal, envolvendo o seu filho , que segundo ela acabou sofrendo um ataque xenofóbico. Segundo a análise da jornalista, aquela ação era um “prenúncio da ‘Era Trump'”, que começará nos próximos dias.

“Eu tenho de contar uma história pessoal, apesar de meu filho não querer que eu conte de jeito nenhum, que é a seguinte: anteontem, meu filho estava andando, ouvindo música brasileira no fone de ouvido –está com mania de Seu Jorge, como eu– e uma pessoa parou ao lado dele e o olhou, incomodada. O sujeito simplesmente puxou o fone de ouvido dele, o empurrou e falou assim: ‘volta pro seu país, sua bicha”, disse a jornalista.

Veja também:

Vale lembrar que a eleição de Donald Trump é vista como uma fase ruim para a história dos Estados Unidos, já que muitos acreditam que os americanos passarão a ser influenciados a agirem de forma hostil com as pessoas de outras nacionalidade, já que Trump é uma pessoa extremamente patriota, o que faz com que ele seja uma figura plenamente hostilizada pela mídia em geral.

Sandra Coutinho é correspondente da Globo e na Globo News (Foto: Reprodução/Internet)

Curtidas

Você também pode gostar