Emissoras

Fernando Colunga não tem mais contrato exclusivo com a Televisa

Conhecido mundialmente por personagens que lhe consagraram como um galã dos dramalhões mexicanos, protagonizando tramas como a trilogia das “Marias” (1992, 1994, 1995) e “A Usurpadora” (1998), Fernando Colunga acabou de perder um direito de exclusividade com a Televisa.

Isso porque, de acordo com informações de portais locais, os executivos do canal se decepcionaram com a decisão do ator em ter recusado a proposta de ser o protagonista de “Papá a toda Madre”, futura produção que estreia em outubro. O papel acabou sendo assumido por Sebastián Rulli, que contracenará com Maite Perroni.

Diante de sua recusa, serão reduzidos cerca de U$ 115 mil dólares em seu salário, que eram pagos a mais pela Televisa mensalmente. Vale lembrar que, recentemente, Colunga havia ficado no topo de ator mais pago no mundo. Com décadas como contratado da emissora, profissionais da rede afirmam que o artista, afastado da TV desde que esteve em “Pasión y Poder” (2015) está envelhecendo demais para recusar papéis.

Veja também:

Assim como no Brasil, a política de assinar vínculo com a maioria dos atores por obra têm sido adotado também no México. No caso do galã, ele poderá trabalhar em produções de canais concorrentes, mas, a preferência segue sendo da Televisa, que precisará ser comunicada com antecedência.

Fernando Colunga (Foto: Reprodução)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar