Programas

“A Fazenda” deve não voltar em 2017

Desde que anunciado que “A Fazenda” entraria em stand by por um ano, muita gente pôs interrogação nessa questão. Afinal de contas, se trata-se de um programa de sucesso, por qual motivo a Record teve interesse em dar uma pausa na sua produção. No entanto, mesmo com Roberto Justus garantindo a volta do programa, as coisas não são bem assim.

Segundo informações do colunista Flávio Ricco, há um consenso formado sobre o reality, na mesa dos diretores da Record. Na emissora, eles consideram “A Fazenda” um programa extremamente caro, já que dentre os custos estão o cachê dos participantes, a necessidade de se contratar centenas de pessoas para garantir que o programa terá tudo realizado no seu tempo, e também o prêmio de dois milhões para o vencedor.

Veja também:

Exatamente por isso, para que a emissora arque com todos esses custos, o programa precisa lucrar muito. Por isso, ficou claro que “A Fazenda 9” só existirá se todas as cotas de patrocínio forem vendidas (Cada cota custa alguns milhões). Se isso não acontecer, ou se ficar por entender que o programa não será totalmente coberto, ele não sairá do papel. O problema é que 2017 será tão ou mais complicado que 2016 para o mercado publicitário, o que dificulta as negociações da Record para o reality show.

"A Fazenda" pode não voltar em 2017 (Foto: Reprodução/Record)

“A Fazenda” pode não voltar em 2017 (Foto: Reprodução/Record)

Curtidas

Você também pode gostar