Programas, TV

Falta de conteúdo: Aduiência do Agora É com Datena despenca

Entusiasmado com o recorde de audiência com a cobertura da greve dos caminhoneiros, o apresentador José Luiz Datena voltou a deixar o entretenimento em segundo plano e transformou ontem (3) o Agora É com Datena em uma edição dominical do Brasil Urgente. O tiro saiu pela culatra. Sem notícias relevantes, o programa perdeu metade do público: marcou 2,55 pontos na Grande São Paulo e chegou a ser ultrapassado por RedeTV! e Cultura.

Na tentativa de repetir o feito da semana anterior, quando dedicou 80% do programa e cravou 4,8 pontos de média, Datena abriu seu show falando da possibilidade de uma nova paralisação dos caminhoneiros, boato levantado nas redes sociais. O mesmo Promoveu um giro de repórteres com informações da suposta retomada da greve, que não aconteceu.

Sem sucesso com a “greve”, passou a explorar a Parada do Orgulho do LGBTI, em São Paulo. Mobilizou o helicóptero da Band e repórteres em terra para comentar ocorrências corriqueiras no evento, como pequenos furtos, e tentou exibir partes dos shows de Anitta e Pabllo Vittar.

Veja também:

Com o giro de notícias ancorado por Datena e pela repórter Bruna Drews, o programa se salvou do desastre total. O pico de audiência foi registrado com o noticiário: 4,5 pontos. No domingo anterior, deu pico de 7,4.
O game A Fuga, grande aposta do Agora É com Datena, foi responsável pela maior humilhação. Mesmo indo ao ar às 20h, quando há maior número de televisores ligados, o quadro teve 1,7 de média, contra 6,0 do Encrenca, humorístico da RedeTV! que compila esquetes caseiras e vídeos do WhatsApp.

Programa de Datena batendo recorde (Foto: reprodução)

Você também pode gostar