Emissoras

Falência? Depois de demitir 500 pessoas no Recnov, Record vai promover mais cortes e demissões

Após demitir 500 funcionários do RecNov, a TV Record prepara um novo corte de gastos, de acordo com o jornalista João Paulo Dell Santo, do site “RD1”.

Segundo as informações do site, a emissora dos bispos pretende reduzir em 30% os custos de suas emissoras próprias. A medida já foi transmitida aos principais setores do canal nesta terça-feira, dia 01 de dezembro, e vai acontecer já em janeiro. Os cortes envolverão despesas básicas, como energia e transporte, além de horas extras a funcionários, como cinegrafistas, motoristas, editores, produtores, repórteres, entre outros.

Veja também:

Juntando os demitidos do RecNov e o novo corte de pessoal, a Record calcula recontratar, com salários menores, entre 40% e 60% desses profissionais, que trabalharão nas produtoras que vão produzir as próximas novelas e séries, além de programas de auditório. Procurada, a Record não quis se manifestar sobre o assunto. Uma pergunta, meu caro leitor: para a emissora dos bispos ficar no azul, precisa demitir e diminuir os salários de seus funcionários? Acreditamos que existem outras formas para diminuir custos, não é verdade?

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Você também pode gostar