Fabricante de boneco-esponja do “BBB 16” se pronuncia pela primeira vez após acusação de racismo

Não existe quem dissesse que um simples utensílio de cozinha iria gerar tamanha repercussão. Ao ser mostrado no “Mais Você”, o boneco-esponja do “BBB 16” fez a Globo ser acusada de racismo, após colocar um boneco negro e dar referência aos seus cabelos black power para serem utilizados como esponja. Na última sexta-feira (22), após o pronunciamento do canal sobre a situação, agora quem vem a público é a própria fabricante do objeto.

Em entrevista a agência “BBC”, a empresa que é britânica deu sua palavra ao opinar a cerca das acusações. Vendido por cerca de US$ 6 na internet, segundo a própria, não há o que as acusações declaram. Eles negam que tenham feito qualquer apologia ao racismo, e deram inclusive um exemplo de que algo parecido já aconteceu antes, declarando que não há nenhuma intenção de encerrar as vendas deste utensílio e que sequer estão cientes da polêmica do reality brasileiro.

No passado, explicamos e defendemos nossa gama de esponjas temáticas. Mas essa defesa não seria necessária já que a maioria dos usuários discordou enfaticamente que o produto era racista […] Por fim, em 2013, disponibilizamos uma nova esponja em nossa gama de produtos que chamamos de ‘Queen Eliz-a-brush’. Enquanto alguns monarquistas mais conservadores consideraram o acessório uma traição, acreditamos que a maioria das pessoas o viu como apenas uma rainha com uma esponja na cabeça“, disse a nota dando referência a um outro objeto em que era a rainha Elizabeth também como boneco-esponja.

[A polêmica repercutiu e acabou gerando um mal-estar daqueles. (Imagem: Reprodução/Globo)]
A polêmica repercutiu e acabou gerando um mal-estar daqueles. (Imagem: Reprodução/Globo)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários