Fábio Porchat conta tudo sobre a entrevista com Sasha: “Ensinei ela a dirigir um fusca…”

Fábio Porchat, concedeu um entrevista para os jornalistas, nesta última segunda-feira (22), na Record, e falou sobre o seu programa que estreia nesta quarta-feira (24), o “Programa do Porchat”. O ator falou sobre o novo projeto, e adiantou vários detalhes sobre a entrevista com Sasha Meneghel.

Ao “R7”, ele disse: “Ela estava muito nervosa no começo, muito tensa, aí ofereci um drink para ela logo de cara. Um coquetel desses com guarda-chuvinha, docinho e colorido. Ainda na atração, Fábio contou que Sasha dirigiu um carro. “Ela fez uma prova em que dirigiu. Ensinei ela a dirigir um fusca e foi bem interessante. Ela bateu. A gente fez uma autoescola aqui e não saiu na rua porque é proibido por lei. A gente fez um circuito de autoescola num estúdio e fui de passageiro ao lado dela. Com o tempo, ela foi se soltando durante a entrevista, porque foi vendo que as coisas estavam mais simples e mais fáceis do que parecia.”

E não parou por aí, a filha de Xuxa, respondeu todas as perguntas dos telespectadores: “A gente pediu também para pessoas fazerem perguntas nas ruas. E ela respondeu tudo, foi bem interessante. Ela é a famosa mais anônima, nunca deu entrevista nem para a mãe”. O apresentador, que entrevistou Wesley Safadão e o ator Pedro Cardoso, revelou que tomou a frente de tudo, e cuidou de todos os detalhes para que o programa ficasse com a sua cara.” O programa é uma extensão de mim, das minhas redes sociais. Vai continuar nessa mesma linha. Não vou mudar, vai continuar sendo o Fábio, só que agora com mais conteúdo. Cuidei de tudo: desde a cor do cenário até o meu figurino. O formato da plateia, consegui aumentar o espaço. Queria que fosse uma coisa com tudo o que eu queria. Lógico que contei com a ajuda de gente especializada, mas dei meu pitaco em tudo”.

Porchat, que é fã de consagrados comediantes dos EUA, contou que viajou para o país, e conversou com os astros da comédia americana, com o intuito de aprender mais sobre esse novo mundo. “Fiquei em Los Angeles, vi gravação do Connon O’Brien, Jimmy Kimmel. Fui para lá entender um pouco disso. Também tenho conversado bastante com apresentadores daqui, como Justus, Marília Gabriela, Luciana Gimenez e o Jô. Vou sempre ouvir os mais experientes. Falei com o Jô, por telefone, ele me desejou sorte, falou o mesmo que os gringos disseram: “seja você”. Ele disse que vai dar tudo certo e estou mais confiante”.

O comediante revelou também, não ser adepto em assistir os seus trabalhos, mas dessa vez, precisou mudar de opinião. “Agora tenho que me assistir, porque tenho que ver onde errei, onde acertei, pra ver o jeito certo de fazer. Ainda estou aprendendo, nunca fiz isso. Tenho que acompanhar tudo, porque pra fazer uma coisa nova tem que ver o que está fazendo de mais, de menos. Estou aprendendo fazendo”.

Sabendo que irá competir com Marcelo Adnet, da Globo, e Danilo Gentili, do SBT, todos amigos, Porchat, disse acreditar que competir com ‘conhecidos’, é mais tranquilo. “Competir com dois amigos me deixa mais tranquilo porque é fogo amigo. A gente sabe que um gosta do outro. Nada é pro mal ou agressivo, todo mundo vai jogar junto. Apesar de sermos comediantes e amigos, somos diferentes. Cada um tem uma habilidade diferente. O Danilo vem do stand up, eu sou formado como ator, o Adnet vem do improviso. Cada um tem um ponto forte e um fraco e vai acrescentar para o público o seu ponto forte”.

Fábio Porchat estreia nesta quarta (24), na Record (Foto: Reprodução/ Record)
Fábio Porchat estreia nesta quarta (24), na Record (Foto: Reprodução/ Record)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários