Celebridades, Noticia

Fábio Assunção afirma: “Difícil fazer um personagem homofóbico no atual momento do Brasil”

Na trama da faixa das 23 horas da Rede Globo, Onde Nascem Os Fortes, o personagem de Fábio Assunção, Ramiro Curió, é quem manda na cidade. Ele se mostrará bastante preconceituoso e homofóbico quando souber que o seu filho Ramirinho, vivido por Jesuíta Barbosa, não quer cuidar dos negócios da família e se apresenta na boate local como a drag queen Shakira do Sertão.

Nos próximos capítulos, pai e filho brigarão feio porque o ele não aceita a carreira que o seu filho deseja seguir. “É uma relação de um grande conflito. O Ramiro é um cara extremamente conservador, preconceituoso e o pior de tudo, homofóbico, disse Fábio em entrevista ao UOL.

Ainda em entrevista, Fábio, que recentemente se envolveu em um acidente de carro e foi detido depois de se recusar a realizar o teste do bafômetro, ressaltou que é complicado interpretar um personagem que é homofóbico:

Veja também:

“Estamos em uma época que discutimos tantos temas importantes sobre a sexualidade, mas o Ramiro está em outros tempos. É difícil fazer um personagem homofóbico desse no atual momento em que o Brasil está se transformando com essas discussões”.

Ramiro e Ramirinho (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar