Noticia, TV

Exibição de filme sobre João de Deus é cancelado pelo GNT após denúncias de abusos

O GNT cancelou a exibição do documentário João de Deus: O Silêncio É uma Prece após a prisão do médium João de Deus no último domingo (16). Ele é acusado de abusar sexualmente de mais de 500 mulheres em seu centro espiritual localizado na cidade de Abadiânia, em Goiás, durante as cirurgias e rituais que promovia com suas pacientes.

Segundo informações divulgadas pelo Notícias da TV, o canal havia comprado neste ano os direitos do documentário de Candé Salles, lançado neste ano, mas confirmou que não pretende exibir em sua programação. O documentário conta a história do médium João de Deus, começando por sua infância humilde no interior de Goiás até alguns meses antes de ser preso, quando ainda não havia sido denunciado por suas vítimas.

A produção exibe cenas do religioso incorporado de espíritos de médicos, que executam as cirurgias que curam os pacientes de doenças do corpo e da mente. O filme também faz uma boa explanação do dom paranormal do médium e revela o bullying que ele sofreu no início de sua carreira, praticado por pessoas que duvidavam de sua sensibilidade.

Veja também:

João de Deus teve a prisão decretada na sexta-feira (14), mas se entregou à polícia somente no domingo (16), em uma estrada de terra na cidade de Abadiânia, em Goiás. Até segunda-feira (17), o Ministério Público e a Polícia Civil haviam registrado 506 denúncias de mulheres, que se dizem vítimas de abusos sexuais do médium. Por conta da prisão e toda a repercussão sobre o caso, o canal extinguiu o filme de sua programação.

Filme de João de Deus é retirado da programação do GNT (Foto: Reprodução/YouTube)

Você também pode gostar