Emissoras, Noticia, SBT

Ex-SBT, jornalista Hermano Henning receberá R$ 100 mil de indenização após processar sua antiga emissora

O resultado do processo que o jornalista Hermano Henning moveu contra sua antiga emissora, o SBT, finalmente saiu na última sexta-feira, 16 de novembro. De acordo com informações divulgadas pelo site UOL, a emissora de Silvio Santos foi condenada a pagar uma multa no valor de R$ 100 mil ao seu ex-funcionário por danos morais.

“Imagina, tanto tempo de dedicação e o cara chegar no telefone e dizer ‘o seu programa saiu do ar, não precisamos mais de você’. [A minha comemoração] não é nem pelo dinheiro, é pela humilhação mesmo. Me senti muito humilhado, sem dúvida”, declarou o profissional ao UOL.

Segundo a publicação, a juíza Cleusa Aparecida de Oliveira Coelho disse durante a sentença em primeira instância que “o sofrimento ou sentimento de humilhação [de Henning] devem ser significativos (…), impactando diretamente em seu bem-estar e, com isto, causando-lhe profundo choque psicológico”.

Além disso, Hermano também terá o direito de receber do SBT hora extra, 13º salário, férias, adicional noturno, redução salarial, entre outros, conforme ordenado pela juíza. Fora isso, os advogados de Henning chegaram a solicitar no tribunal uma equiparação salarial, ou seja, o de fazer com que seu cliente viesse a ganhar o mesmo que Rachel Sheherazade e Carlos Nascimento, já que ele desempenhava as mesmas atividades dos dois colegas e recebia menos que eles. Porém, o jornalista não obteve sucesso quanto a isso.

Mesmo assim, Hermano Henning comemorou a decisão tomada: “Ainda é a primeira instância, mas eu considero uma vitória, sim, estou super satisfeito”, ressaltou. Em contrapartida, o advogado de defesa André Fróes de Aguilar também se disse contente quanto ao resultado e ainda mencionou a questão de uma possível “pejotização fraudulenta”, já que seu cliente era contratado como pessoa jurídica.

“[A juíza] declarou à fraude de contratação por pessoa jurídica, deu vínculo empregatício, mandou pagar todas as verbas decorrentes com relação ao emprego (…) Mais uma ‘pejotização’ declarada fraudulenta. O direito de Hermano Henning [foi] implementado”, afirmou. Por outro lado, o SBT não se manifestou perante o assunto, pois alegou que não havia ainda sido notificado sobre essa questão. A emissora pode recorrer da decisão.

Entenda o caso

Veja também:

Atual contratado da Rede Brasil de Televisão, o jornalista Hermano Henning resolveu processar o SBT, antiga emissora na qual trabalhou por durante 23 anos, alegando falta de reconhecimento do vínculo trabalhista, férias, 13º, depósito de FGTS, multa de 40% em razão da dispensa, além de dano salarial e indenização por dano moral.

A ação, no entanto, foi movida na 2ª Vara do Trabalho de Osasco (SP), onde o mesmo chegou a requerer o valor de aproximadamente R$ 20 milhões como indenização, segundo informações obtidas pelo site UOL. Em contato com o advogado do jornalista, o doutor André Fróes de Aguilar, o mesmo negou a informação. “Esse valor não está definido, não tem uma decisão judicial. São vários cenários dentro desse processo”, disse.

Vale ainda ressaltar que o recurso foi iniciado no ano passado, com direito a duas audiências envolvendo o profissional e sua antiga emissora. De acordo com informações, o SBT teve a seu favor a jornalista Karyn Bravo, que compareceu ao tribunal no último mês de abril. Já em setembro, Hermano levou três testemunhas para depor a seu favor.

Procurados pelo UOL, os advogados do canal da Anhanguera afirmaram que o ex-apresentador do extinto Jornal do SBT trabalhava como pessoa jurídica, e que, por esse motivo, não possuía nenhum tipo de vínculo empregatício. O SBT, através de sua assessoria, informou a mesma publicação que “não se manifestará até que saia uma decisão da Justiça do Trabalho”. Por outro lado, Hermano Henning também fez questão de não comentar acerca do assunto. “A questão do SBT, eu quero esquecer. Da minha parte, já me desliguei”, falou.

Hermano Henning ganhará R$ 100 mil de indenização (Foto: Reprodução)

Hermano Henning ganhará R$ 100 mil de indenização (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar