Celebridades

Ex-BBB Marcos Harter comemora grande sucesso após o reality

Marcos Harter está fazendo o maior sucesso, mesmo meses após o término da 17ª temporada do “Big Brother Brasil”, no qual quase chegou a final – sendo expulso poucos dias antes da decisão, ao ter sido acusado de agressão a Emilly Araújo, até então sua affair e que se tornou a grande vencedora do reality.

O gaúcho revela que o número de pacientes em busca dos seus atendimentos aumentaram ainda mais. “A demanda de atendimentos subiu bastante. Em São Paulo cheguei a atender 15 pacientes por dia. Agora em Sorriso [onde reside] reduzimos para 5 pacientes pela manhã porque à tarde opero. Finalmente o Brasil descobriu os meus narizes, minha paixão!”, comemora.

O ex-BBB afirma que mesmo com o valor que cobra pelas consultas, está faturando alto. “A consulta aqui em São Paulo está bem cara, eu jamais imaginei cobrar esse valor, e o pessoal está pagando. Eu não sou clínico, sou cirurgião, eu faço consulta porque a partir dela vira cirurgia. Eu não pagaria… tenta me encontrar em outro lugar, no encontro dos fãs.”

Marcos lembra que passou por muitas dificuldades para chegar a se tornar profissional nesta área. “Minha trajetória não foi tão simples assim. Me formei médico no sul, depois fiz a especialização em cirurgia geral e rumei ao Rio de Janeiro para me especializar em cirurgia plástica. Também rodei por algumas cidades norte-americanas para me especializar em cirurgias faciais e em especial o nariz”, conta.

Ministério Público quer que Marcos seja condenado pela Lei Maria da Penha

Veja também:

O caso da agressão de Marcos Härter à Emilly Araújo no confinamento do “Big Brother Brasil 17” ganhou uma reviravolta. O Ministério Público do Rio de Janeiro voltou a tocar no assunto, e desta vez quer que o cirurgião plástico seja autuado pela Lei Maria da Penha.

Conhecida por reger casos de violência doméstica, a lei está recebendo argumentação em um novo recurso apresentado pelo órgão, que insiste no prosseguimento do caso. “Vale salientar que tanto o recorrido quanto a vítima, ouvidos em sede policial, referiram-se ao namoro mantido, por aproximadamente dois meses, durante a edição do programa“, diz o documento, segundo o jornal “Extra”.

Em outro momento, o denunciado ofendeu novamente a integridade corporal de Emilly, com um apertão no antebraço direito, que acarretou um novo hematoma roxo. As lesões constam em laudo de corpo delito“, relata uma outra parte do recurso, que se refere ao episódio dos beliscões de Marcos em Emilly na Festa Retrô.

Marcos Harter (Foto: Reprodução/Instagram)

Você também pode gostar