Celebridades

Ex-ator global conhecido como “ruivinho da Vivo” é preso portando drogas no Rock in Rio

Uma polêmica com um famoso acabou agitando um dos camarotes do “Rock in Rio” na noite do último sábado, 24 de setembro. O ator João Cortês foi preso ao ser flagrado portando drogas no festival. Com ele, segundo informações do jornal “Extra”, foram encontrados pacotes de haxixe e MDMA (mais conhecido como êxtase ou apenas MD).

Após prestar esclarecimentos, o ator foi liberado e conseguiu acompanhar normalmente aos shows de The Who e do Guns N’ Roses, considerados um dos mais esperados desta edição 2017 do evento. Não houve qualquer posicionamento público de Cortês comentando o assunto. Ainda de acordo com a publicação que expressou o fato, a assessoria dele não foi encontrada.

Para quem não se lembra, João Cortês era o Peppino de “Sol Nascente” (2017), mas antes disto era conhecido nacionalmente por ser garoto-propaganda de uma empresa de telefonia. Tanto é que, por estrelar os comerciais de TV, ele ficou conhecido como o “ruivinho da Vivo”.

Veja também:

Atualmente, o ator não tem vínculo com a Platinada e, portanto, é considerado um ex-global. Seu contrato foi mais um daqueles que a Globo fez apenas para uma obra em específico. Com o término da novela das seis, Cortês foi demitido e tentou espaço no cinema e na TV paga. Ele participou do longa “O Segredo de Davi” e interpretou um personagem que tinha envolvimento com as drogas. Logo, isto coincidiu com aquilo que o ator passou na vida real nos últimos dias ao ser pego portando as substâncias ilícitas.

João Côrtes (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar