Novelas

“Êta Mundo Bom”: Braz rouba Ilde e diz que nunca amou ela

“Êta Mundo Bom” acaba nesta sexta-feira (26), e nas últimas emoções da trama de Walcyr Carrasco, Braz (Rômulo Neto) acabará dando um golpe em Ilda (Guilhermina Guinle) e irá deixá-la na miséria.

Ela dirá a Ilde que nunca amou ela e que ele irá sozinho morar no Rio de Janeiro, onde ele tem uma namorada. Ela irá comprar as roupas para viajar com Braz, só que ao chegar em casa dará de cara com a mala dele: “Eu raspei a conta. Transferi tudo para meu nome. Em outro banco”, revelará ele. “Mas uma parte era minha. A maior parte”, dirá ela.

“Usou o verbo no tempo correto, Ilde. Era. Veja só a minha situação. Quis ser justo com minhas irmãs, dei a elas parte do que Diana [Priscila Fantin] pegou de papai com a venda da casa. Fui verificar. Não era suficiente para eu viver durante os estudos de diplomacia. Aí apareceu você, a dizer que arrancou o dinheiro de seu ex-marido. Achei justo tirar de você também. Passei para minha conta. Você foi muito boba de acreditar em mim, depois de Diana tê-la avisado. Eu pensei. Será que o amor torna as pessoas burras?”, indagará Braz.

Ele ainda dirá: “Vou para o Rio de Janeiro agora. Estas são minhas malas, como percebeu. Mas vou sozinho. Quanto a amor… Sabe, quando voltei para São Paulo, obrigado por meu pai, deixei uma moça lá no Rio. Filha de um grande diplomata. A família não me aceitava. Mas agora que hei de estudar diplomacia, eu serei um genro bem-vindo. Ilde, agradeço. Graças a você serei um bom diplomata. Fez um bem”, disparará o golpista.

Veja também:

Ilde então ficará revoltada dizendo que não tem mais dinheiro e nem para onde ir: “Problema seu. O aluguel está pago até o fim do mês. Só lhe digo uma coisa. Eu nunca te amei. Nem amaria uma mulher cínica, interesseira. Eu soube que até maltratava um menino que estava na cadeira de rodas, seu enteado. Você merece o que fiz. Ah, sim. Eu me dei ao luxo de comprar uma passagem de avião para o Rio de Janeiro. Agradecido. Agora, adeus”, dirá Braz.

Ela ainda segurará nos braços do rapaz, ele irá humilhar ela ainda mais: “Largue-me, Ilde. Tenha ao mínimo respeito por si própria. Adeus, já lhe disse. Adeus”. Então Ilde resolverá procurar Clarice (Marianna Armellini) a quem pedirá para voltar ao dancing. “Como disse dona Paulina [Suely Franco], a proprietária de um dancing não deve guardar mágoas. Pode voltar. Mas como uma dançarina qualquer. Agora eu recebo os clientes importantes. Você só ganhará por dança. Já é um favor que lhe faço. Enxugue as lágrimas. Tem que estar bela essa noite”, dirá Clarice.

Braz e Ilde (Foto: Reprodução)

Braz e Ilde (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar