Celebridades

Estrelas de Hollywood cantam hino gay para criticar opiniões de Donald Trump

Donald Trump irá assumir a presidência dos Estados Unidos na próxima sexta-feira, dia 20 de janeiro. Mas, existem muitas críticas vindas do meio artístico para o novo presidente. Depois que Meryl Streep usou seu discuso no “Globo de Ouro 2017” para criticar fortemente o próximo presidente dos EUA, outras estrelas de Hollywood se juntaram a causa contra o magnata.

21 atores participaram de uma performance dramática da música “I Will Survive”, de Gloria Gaynor, que é considerada o maior hino gay. Isso com o intuito de criticar as opiniões homofóbicas de Trump. A revista “W Magazine” foi responsável pela gravação, que já tomou conta das redes sociais.

“Embora a canção já tenha sido interpretada durante muito tempo através de uma consciente lente social, é o tipo de hino que precisamos, agora mais do que nunca, com esta posse. Com a iminente chegada de Donald Trump à Presidência”, falou a publicação em nota.

Veja também:

No vídeo aparecem Emma Stone, Natalie Portman, Matthew McConaughey, Andrew Garfield, Felicity Jones, Dakota Fanning, Amy Adams, Chris Pine, Hailee Steinfeld, Taraji P. Henson, Michelle Williams, Greta Gerwig e Mahershala.

Donald Trump (Foto:Reprodução)

Curtidas

Você também pode gostar