Programas

Estratégia da Globo faz “Altas Horas” bater recorde de audiência

A ordem natural das coisas poderia até ser essa, mas feliz foi aquele na Globo que sugeriu que o “Altas Horas” viesse imediatamente depois do “Big Brother Brasil”, pois pelo menos na semana passada funcionou muito bem, a ponto de colocar o programa em um ótimo patamar de audiência, com índices mais que satisfatórios, considerando o que a atração costuma a marcar.

Segundo informações da coluna do jornalista Flávio Ricco, neste último sábado, 28, a atração comandada por Serginho Groisman teve uma média de 15 pontos de audiência e 29% de share na Grande São Paulo, garantindo a liderança muito mais que isolada. Na ocasião, Tatá Werneck, Vera Fischer, Sidney Magal e Tiago Iorc foram convidados.

Veja também:

Não é possível afirmar categoricamente que a alta nos números deve-se exclusivamente ao fato de que a emissora colocou o programa mais cedo, alinhada a uma edição mais enxuta do “BBB”, isso só irá ser comprovado a partir das próximas semanas, por isso mesmo, a Globo deverá saber em breve se essa estratégia deu certo, embora nada se altere, já que com a volta do “Zorra”, tudo fica em seu devido lugar.

“Altas Horas” teve boa audiência (Foto: Reprodução/Globo)

Você também pode gostar