Celebridades

Esposa de Erick Jacquin revela fase sombria da vida do chef: “Ele chorava”

Um dos mais renomados chefs franceses no Brasil, Erick Jacquin passou a ser um nome conhecido nacionalmente após passar a ser jurado do “MasterChef Brasil” desde 2014 – e até hoje -, e atualmente apresentar a versão brasileira do “Pesadelo na Cozinha”, ambos na Band.

Quem o vê, não imagina que ele já foi visto muitas vezes indo a um psicólogo ou em terapeuta de casais. Tudo isso veio à tona após o fechamento de seu restaurante, em 2013, com dívidas em torno de R$ 1,5 milhão. “Ele brinca com isso, mas na verdade é uma realidade. Foi uma mudança em nossas vidas, na vida dele. Ele tinha perdido a esperança, não acreditava nele. Dizia: ‘estou acabado, acabou minha vida, não vou conseguir me reerguer, não vou conseguir fazer mais nada’. Ele chorava. A proposta do MasterChef foi como uma luz no fim do túnel, ele renasceu, se tornou outra pessoa. Hoje, você vê o brilho no olhar dele”, relembra Rosangela Menezes Jacquin, mulher do chef, no qual tem cônjuge desde 2015.

Veja também:

Erick comentou sobre essa má fase em sua vida na qual teve que passar. “Foi um período difícil, tinha vergonha de sair de casa, mas não podia parar, tinha que trabalhar. Muita gente achava que o Jacquin estava morto. O [meu] restaurante foi eleito por oito vezes o melhor de comida francesa, fui chef do ano, melhor chef do Brasil. Era um trabalho conjunto com a equipe e sabia que tinham invejosos. Fechar foi a tristeza da minha vida. Podem falar o que quiser, menos que eu não sei cozinhar”, disse Jacquin.

Rosângela e Jacquin. (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar