Celebridades

Vítima de racismo em O Outro Lado do Paraíso, Erika Januza relembra episódio que sofreu na vida real recentemente

Em O Outro Lado do Paraíso, vários temas que serão abordados prometem chamar a atenção do público. Erika Januza, que interpreta Raquel na nova novela das nove que estreia na próxima segunda (23), afirma que assim como sua personagem que será vítima de preconceito racial e social dos próprios sogros, já sofreu algo semelhante há pouco tempo.

A atriz relembra que foi vítima de racismo no trânsito do Rio de Janeiro, há cinco meses atrás. “Era um semáforo na Barra e meu carro ficou com uma parte da traseira no cruzamento. Pois veio um cara, baixou o vidro, parou do meu lado e disse: ‘Tinha que ser uma negrinha mesmo’. Fiquei tentando ver a placa para memorizar o número, mas o nervosismo não deixou. Nem pensei em foto com celular”, contou Erika.

Durante a festa de lançamento da trama, que aconteceu na noite desta última sexta-feira (20), Erika acredita que a atitude do motorista foi apenas para tentar aparecer. “Estava com o carro cheio, queria se mostrar. Mas tudo que a gente faz um dia volta. É a lei do retorno, que é o mote da novela. Eu acredito”, afirmou.

Veja também:

Ela, que em outra entrevista revelou já ter sofrido preconceitos em namoros na vida real, comemorou o convite do autor Walcyr Carrasco, e se mostrou na responsabilidade de representar as mulheres negras. “Elas me param e falam: ‘Deixei meu cabelo afro por sua causa’. Tento fazer tudo certinho e, se elas se sentirem representadas me vendo, eu já fico feliz”, disse.

Erika Januza está em O Outro Lado do Paraíso
(Foto: Gshow)

Você também pode gostar