Celebridades, Noticia

Em vídeo, atriz Tássia Camargo chama a Globo de ‘golpista’

Tássia Camargo resolveu se pronunciar sobre a reação da jornalista Leilane Neubarth durante a transmissão de Carnaval promovido pelo canal GloboNews, na última segunda-feira (12), em que ela aparecia visivelmente incomodada ao ouvir, ao fundo do vídeo, um grupo cantando a canção “Vai Dar PT”.

A atriz, que chegou ao reconhecimento nacional após trabalhar durante décadas nas novelas e séries da Platinada, usou sua conta no Facebook para republicar o vídeo, e na legenda da publicação, criticar a ex-casa: “A Globo engolindo o próprio veneno! Golpistas não passarão!!! Plom! Plom!”, escreveu, fazendo referência ao ‘PT’, que lembra o Partido dos Trabalhadores.

Ela, que em outro momento já realizou críticas ao canal e ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também mencionou a reação da jornalista ao vivo, que ficou espantada enquanto o refrão da música estava sendo entoada por alguns cantores. O momento, que repercutiu bastante, fez com que Leiliane justificasse sua reação no seu Twitter, após ter sido acusada de constrangimento por um petista. “Minha cara de constrangimento foi devido ao fato de chamar o repórter e não ouvir NADA , nem saber se eu estava no ar”, justificou a profissional.

A atriz comemorou condenação de Lula

Em entrevista concedida ao blog político O Cafezinho, ela comentou acerca do novo filme que está sendo produzido pela Globo sobre a operação Lava Jato, Polícia Federal – A Lei É para Todos, que tem por objetivo revelar tudo o que aconteceu por trás das investigações, e ainda teceu duras críticas contra a emissora carioca.

Veja também:

“Hoje recebi um trailer desse filme sobre a Lava Jato. Infelizmente, eles [atores] são vítimas. Hoje falei com um deles, ‘mas você não se arrependeu?’. Ele disse, ‘imagina, a Lava Jato é importantíssima’. Mas está todo mundo solto, Michel [Temer], Aécio [Neves], [Antonio] Anastasia e por aí vai. E só Lula, Lula, Lula. Eu perguntei, ‘mas isso é para acabar com o PT? [seu interlocutor falou] ‘Não, é para acabar com a corrupção’. A gente está vendo como está acabando com a corrução”, contou ela.

Na sequência, Tassia ainda colocou no centro da discussão a questão sobre o financiamento do longa, que estreou nos cinemas brasileiros no dia 7 de setembro de 2017. “O ator não tem culpa. Não estou dizendo que ele está cometendo um crime. Mas o produtor e o cineasta sabem de onde esse dinheiro vem. São R$ 14 milhões ou mais nesse filme em que o Lula, pelo que eu soube, no final é preso. De onde veio esse dinheiro? Eu tenho certeza que dos Estados Unidos como apoio total da TV Globo, que a gente tem que derrubar. A gente tem que invadir. Quem fez esse filme? Cadê a prestação de contas? Eu quero saber. Eu vou exigir que averiguem”, disparou.

Tássia Camargo (Foto: Divulgação)

Tássia Camargo (Foto: Divulgação)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar