Celebridades, Noticia

Em entrevista Pabllo Vittar fala sobre homofobia, aceitação e album novo

Pabllo Vittar foi a estrela do programa Conexão Repórter, do SBT, apresentado por Roberto Cabrini, na noite da última segunda-feira, 27. O programa acompanhou a gravação do novo clipe Problema Seu, lançado no último dia 15, e que já tem mais de 15 milhões de visualizações.

A cantora apareceu sem a caracterização e falou sobre o processo de transformação, incluindo maquiagem, cabelo e roupa, para aparecer como todos conhecem. “Eu sou um menino que amo ser menino, amo ser desse jeitinho louco, diferente, e amo fazer drag. Eu tenho certeza que o drag sempre foi a extensão da minha personalidade. Eu sempre fui a Pabllo Vittar dentro de mim, só que uma hora eu tive que colocar ela para fora, tive que parir ela, e hoje ela está aí fazendo um monte de gente sorrir. Mas Pabllo Rodrigues é quem eu sou“, contou.

Questionada sobre a parcela da população que é moralista e mais conservadora, a jovem contou que essas pessoas não a incomodam. “Existem as pessoas que são caretas, mas existem também as outras pessoas que acham que devemos viver a vida da maneira que quisermos viver, e é para essas pessoas que a gente trabalha. Para as outras a gente quer levar informação, mostrar que a gente é capaz, que nós LGBTQ+ temos caráter, trabalhamos, temos sim os mesmo direitos e que a gente pode fazer o que a gente quiser“, explicou

Veja também:

A jovem de 23 anos ainda revelou estar ansiosa para lançar seu segundo álbum gravado no estúdio em Los Angeles, mas falou que ainda não pensa em carreira internacional. A dona do hit K.O. contou estar achando incrível tudo o que vêm acontecendo com ela e com o cenário musical, político e social brasileiro. “Para o futuro eu quero isso e muito mais. Quero que todo mundo consiga enxergar a gente com outros olhos. Não com olhar discriminatório, mas com olhar de que ‘poxa, somos irmãos, você é carne e osso como eu, e não tem porque a gente se odiar’. Acho que ninguém nasce se odiando, e o amor está aí para propagar, para dividir então vamos somar e se respeitar”, finalizou.

Pabllo Vitta (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar