Celebridades

Em entrevista, Casagrande deixa a entender que ainda tem vontade de cheirar cocaína

O comentarista Walter Casagrande, ex-dependente químico, revelou em uma entrevista ao Canal Brasil, que o seu interesse em drogas é estritamente controlado, para garantir que ele se mantenha limpo, já que segundo ele, embora tenha vontade de certas coisas, ele sabe que não pode arriscar, porque não sabe quando vai poder parar. Por isso mesmo, ele prefere se manter longe.

“Eu dei azar de ser dependente químico. O que eu queria na minha vida? Poder ‘dar um tirinho’, beber um vinho, ver um show de rock e ir para a minha casa dormir. Era o meu sonho. Não dá. Se eu der um tirinho, vou ficar quatro dias cheirando; se eu beber uma taça, vou tomar dez garrafas de vinho, vou pra minha casa três dias depois e minha vida vai para o inferno”, diz o comentarista em um dos trechos da entrevista, na qual ele deixa a entender que apesar da sua vontade, ele sabe que não pode.

Veja também:

O comentarista ainda ressalta o lado bom que essa saída das drogas teve na sua vida, onde o mesmo agora conseguiu resgatar a sua relação com todos a sua volta, em especial a sua família: Se eu nunca mais usar, tudo acontece do jeito que está: ascensão profissional, vida sadia, eu estou ótimo, melhor momento da minha vida, recuperei o relacionamento com meus filhos”, disse o comentarista.

Walter Casagrande revela a sua luta para se manter longe das drogas (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar