Emissoras, Globo, Noticia

Em dia de amistosos da seleção, Globo altera sua programação; saiba como ficará!

Nesta sexta-feira (07) e na próxima terça-feira (11), a TV Globo exibirá dois amistosos da seleção brasileira, que entrará em sua nova fase pós Copa do Mundo, sob o comando de Tite. Sendo assim, parte de sua programação precisará ser alterada em virtude dos horários que as partidas serão transmitidas, às 21h05 e 21h30, contra os Estados Unidos e El Salvador, respectivamente.

A começar pela Sessão da Tarde, que, neste feriado da Independência, entrará no ar um pouco mais cedo, às 14h45, sendo sucedida pelo Vale a Pena Ver de Novo, com a novela Belíssima, a qual será veiculada às 16h26. Logo depois, será a vez de Malhação – Vidas Brasileiras ser exibida também mais cedo, às 17h22.

Já a novela Orgulho e Paixão começará antes de seu horário habitual, às 17h56, quando, depois, dará espaço ao telejornais locais, que entrarão no ar às 18h45. Em seguida, será a vez de O Tempo Não Para, às 19h05, e do Jornal Nacional, que, excepcionalmente, antecederá a propaganda política, iniciando-se às 20h.

Veja também:

Desta forma, os fãs de Segundo Sol precisarão aguardar um pouco mais para acompanhar o capítulo desta sexta (07), em que Luzia (Giovanna Antonelli) será enganada por Remy (Vladimir Brichta) e ainda terá uma séria discussão com Karola (Deborah Secco). A trama de João Emanuel Carneiro começará às 23h05, conforme informa a grade de programação do canal, que também veiculará o Globo Repórter, por volta da meia-noite, o Jornal da Globo e o Conversa com Bial.

Em contrapartida, na terça-feira (10), o que basicamente mudará será o fato de Segundo Sol vir a ser exibida logo após o horário eleitoral e o Jornal da Globo se iniciar depois do futebol. Já os demais produtos da emissora global também passarão a ser afetados a partir da Sessão da Tarde, alterando pouca coisa em relação aos horários de hoje, que é quando o amistoso começará 25 minutos mais cedo.

Neymar em atuação pela Seleção Brasileira (Foto: Divulgação)

Neymar em atuação pela Seleção Brasileira (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar