Emissoras, Noticia, TV

Em coletiva, grupo Turner é criticado por dirigente de clube de futebol: “Estou insatisfeito”

Na tarde desta sexta-feira (28), durante uma entrevista coletiva com o presidente do Fortaleza Esporte Clube, Marcelo Paz, o grupo Turner, que detém os direitos de transmissão da série ‘A’ do Campeonato Brasileiro, junto com a Globo, foi duramente criticado pelo dirigente, o qual demonstrou sua insatisfação perante ao que o clube cearense ganha atualmente de cotas de TV para ter seus jogos exibidos na TNT.

“A Turner tem sete times que são transmitidos. Desses, seis têm um modelo de contrato; o outro é o Fortaleza. Esses seis dividem um bolo de dinheiro e o Fortaleza não e o que o Fortaleza ganha é metade do que os outros vão dividir. Então o Fortaleza tem o pior contrato de TV da Série A”, explicou Paz, no momento do anúncio da saída do atacante Marcinho, que vai para o futebol chinês.

Em seguida, o presidente do tricolor também revelou que tentou conversar com a Turner acerca do assunto, a fim de, quem sabe, reverter esta situação para o seu lado, mas que não teve sucesso. No mais, ele ainda acusou o grupo de mídia de praticar a mesma coisa que a Globo faz ao distribuir cotas diferenciadas aos 20 times da elite.

“Já fui na Turner várias vezes, explicando que não acho correto. Quando a Turner foi entrar no mercado diziam que queriam igualdade, que a Globo fazia contratos desiguais e eles estão fazendo a mesma coisa. Assim, estou colocando publicamente que estou insatisfeito”, disse.

“Eles fazem 42 (jogos) na temporada porque estamos lá. Se não estivéssemos lá seriam 30 jogos. Dos times que fizeram contrato de outro jeito, o Fortaleza foi o único que conseguiu chegar na Série A”, completou Marcelo, afirmando que cumprirá o contrato com a Turner até o seu final.

Veja também:

Além do Fortaleza, a Turner, através da TNT e Esporte Interativo, também tem contrato de exclusividade com mais seis times – que se encontram na série ‘A’ – são eles: Ceará, Internacional, Athlético/PR, Bahia, Palmeiras e Santos, para a transmissão dos jogos na TV fechada e no aplicativo EI Plus. Dos sete, somente o Internacional possui vínculo com a Turner até 2020, podendo ser renovado. Os demais vão até 2024.

Valores

De acordo com informações divulgadas pelo site Esportes O Povo, o Fortaleza Esporte Clube recebe da Turner o valor de R$ 9 milhões, que é fixo e referente a 2019. Em contrapartida, os outros seis irão repartir a quantia de R$ 115 milhões, que, segundo a publicação, será: “50% de valor fixo, 25% por desempenho e 25% por audiência”.

Desta forma, “Ceará, Palmeiras, Athlético-PR, Santos, Internacional e Bahia partem de R$ 9,5 milhões fixos e terão acréscimos mínimos garantidos de audiência e desempenho, podendo até dobrar esse valor, eventualmente”. No momento, o Fortaleza é o 14º colocado da série ‘A’ com 10 pontos.

Marcelo Paz (ao microfone) durante coletiva de imprensa. Do lado direito, o atacante Marcinho, que vai para o futebol chinês (Foto: Reprodução/Youtube)

Marcelo Paz (ao microfone) durante coletiva de imprensa. Do lado direito, o atacante Marcinho, que vai para o futebol chinês (Foto: Reprodução/Youtube)

Você também pode gostar