Celebridades

Em baixa e precisando de dinheiro, integrante do “Raça Negra” dirige carro da Uber

Na manhã deste domingo, dia 04 de dezembro de 2016, o percussionista da banda “Raça Negra”, Fernando Alves de Lima, foi “aplaudido” por internautas, que consideraram sua nova profissão bastante digna. O músico, precisando aumentar a renda, começou a dirigir para a empresa Uber.

Em entrevista concedida à Folha de S. Paulo, Fernando contou que quem entra em seu carro logo o reconhece e pede para que ele cante uma música do grupo musical. “Dificilmente você encontra uma pessoa que diz que não conhece. O único que me disse que não conhecia foi um nigeriano, mas depois, por incrível que pareça, tocou ‘É Tarde Demais’ no rádio e ele falou que já tinha ouvido”, disse.

Veja também:

“Sou casado há onze anos. Se ficar em casa todos os dias você começa a arranjar confusão com a mulher, fica impaciente”, comentou. “Naquele momento em que a pessoa descobre, você não é mais o motorista da Uber, mas o cara do Raça Negra. Tento deixar a viagem o mais divertida possível. Esse é o papel de cada um que está ali. Tem a balinha, tem água, e, se pedir pra cantar, a gente canta também. Eu falo antes que não sou o cantor, mas dá para quebrar o galho”.

Fernando Alves de Lima (Foto: Reprodução/Folha de S. Paulo)

Fernando Alves de Lima (Foto: Reprodução/Folha de S. Paulo)

Você também pode gostar