Celebridades

Elba Ramalho se defende após decretar guerra contra cantores sertanejos

Durante um show na Avenida Paulista, Elba Ramalho voltou a falar sobre a polêmica que iniciou após uma declaração em que causou revolta. Ela condenou a presença de artistas da música sertaneja em eventos juninos, e desde então vem sendo bombardeada.

Assim que esteve com o microfone na mão, a cantora se defendeu: “No Nordeste, há um mês e tanto, quando lançaram as grades artísticas das grandes festas, os artistas nordestinos e o povo resolveram fazer uma campanha chamada assim: Devolva Meu São João. Porque nas grades das grandes cidades, imperava muito mais as duplas sertanejas do que os forrozeiros. Isso não é culpa das duplas sertanejas porque eles estão lá o ano todo com casas lotadas. A questão incomodou as pessoas que querem que junho seja do São João. Então a campanha foi rolando e eu estava calada, não dizia nada“.

E quando me perguntaram em Caruaru o que eu achava da campanha, eu falei: ‘Acho que tem que equilibrar’. É um direito dos artistas sertanejos estarem no São João, mas a grade não pode ser 18 sertanejos e dois forrozeiros. Porque não é a festa do Peão. É a festa do São João. Vejam só, isso é o meu ponto de vista, isso não quer dizer que eu não ache os sertanejos maravilhosos. Eu acho, sou fã, já cantei com alguns. Cabe todo mundo, como eu falei, o céu está cheio de estrelas e nenhuma atropela a outra, mas deixem junho para o São João“, completou Elba, tentando minimizar o burburinho.

Entenda o caso

A paraibana Elba Ramalho detonou veementemente a festa junina de Campina Grande, considerada a maior do país nesta época do ano. Em entrevista à imprensa de Caruaru, cidade do interior pernambucano, ela criticou o fato da programação deste ano do evento envolver atrações da música sertaneja.

Veja também:

Eu não tenho nada contra nenhum artista, nada contra nenhum sertanejo. Tem espaço para tudo, no céu cabem para todas as estrelas, ninguém atropela ninguém. Porém, eu não toco na Festa de Barretos, Dominguinhos também não cantava. A festa é deles, é dos sertanejos, e eles têm bem esta coisa: essa área é nossa“, iniciou Elba. “Aí quando chega aqui no São João em Campina Grande, não ter o Biliu de Campina, não ter Alcymar Monteiro, eu reclamei bastante, cara, não ter os trios. Quando chega o São João, se você não tem forró… Eu não quero ir a uma festa que não tenha forró“, disparou a cantora, que todos os anos se apresenta na véspera de São João na cidade onde direcionou as críticas.

O prefeito de Campina Grande rebateu os comentários, e a chamou de desinformada: “Respeito a posição de Elba, um ícone de nossa cultura nordestina, e até compreendo seu engajamento cultural, mas creio que ela foi mal informada sobre a festa deste ano“.

Elba Ramalho (Imagem: Divulgação/Livio Campos)

 

Você também pode gostar