Emissoras

Edir Macedo determina jejum e pede que fiéis não assistam TV e nem usem rede social

Em 2014, as vésperas da Copa do Mundo, o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, e dono da Record, pediu para que seus seguidores fizessem um ‘jejum de informações’ onde eles deveriam ficar impedidos de usar qualquer tipo de tecnologia ligada à informação, como rádio, TV e internet.

O bispo voltou a fazer o mesmo pedido para seus fiéis no último dia 05 de junho, data em que ele abriu o “Jejum de Daniel” ou “faxina espiritual”. Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do “UOL”, a orientação que Edir passou aos frequentadores da IURD é que eles devem ficar distantes de qualquer tipo de entretenimento.

Isso inclui as redes sociais, notícias, novelas não bíblicas e os filmes seculares. Até mesmo os produtos da Record estão nessa lista. O que implica dizer que “Escrava Mãe”, nesses dias de jejum, não pode ser acompanhada pelos fiéis. Enquanto “Os Dez Mandamentos, por se tratar de uma história bíblica, foi liberada por Edir Macedo.

Edir Macedo é o fundador da IURD e dono da Record (Foto: José Patrício/Agência Estado)

Edir Macedo é o fundador da IURD e dono da Record (Foto: José Patrício/Agência Estado)

Veja também:

Você também pode gostar