Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso

Duda revela segredos do passado à Leandra em O Outro Lado do Paraíso

Após presenciar duas mortes encomendadas por Natanael (Juca de Oliveira) no antigo local em que morava, Duda (Glória Pires) resolveu se mudar depois de ter recebido dinheiro do advogado para que ela pudesse ‘sumir de vez do mapa’. Desta forma, a mulher então vai em direção a um hotel localizado na cidade de Pedra Santa, e dá de cara com Leandra (Mayana Neiva), proprietária do estabelecimento.

Na ocasião, as duas acabam puxando conversa e, ao mesmo tempo, ganhando a confiança uma da outra. Nisso, Duda decide abrir o jogo com a moça acerca de seu passado e pede segredo. “O que eu falar aqui será um segredo entre nós duas”, avisa a verdadeira mãe de Clara (Bianca Bin). “Tive duas filhas. A última, ficou com meu ex-marido. Nunca mais vi. Pelo caminho que tomou minha vida, nunca mais vou me aproximar dela”, continuou a mesma.

Em seguida, Leandra lamenta pelo ocorrido e a questiona: “É triste perder uma filha. E a primeira?”. “Fui criada numa cidade menor que essa. Morava com uma tia. A gente costurava pra fora. Mas eu, muitas vezes, mais nos fins de semana, ia na casa de mulheres da cidade. Quando a gente precisava, fazia um programa. O dinheiro não chegava pra comer. (…) Conheci um caminhoneiro. Fiquei grávida dele. Tinha certeza que a gente ia ficar junto. Mas quando tive minha filha, ele tomou a menina de mim.”, revela a personagem de Glória Pires. Não perca esta cena que vai ao ar nesta segunda-feira (04), em O Outro Lado do Paraíso.

Duda se sente humilhada após voltar a se prostituir

De volta ao Tocantins, Duda (Glória Pires) vai tentar reconstruir sua vida, dessa vez, como dona de um bordel. No entanto, por algum motivo, ela vai acabar resolvendo se prostituir, ainda que não tenha necessidade alguma. No final das contas, ela se sentirá humilhada e logo vai desabafar com Laerte (Raphael Vianna), que estará trabalhando como segurança do local.

Veja também:

“Que cara é essa? Fez o que todas fazem. Não vai dizer que nunca tinha feito”, dirá o homem na tentativa de minimizar a situação. Duda então falará que sim, mas quando era nova, e que fez isso apenas para que não morresse de fome juntamente com sua tia. Logo depois, o segurança afirmará que ela não precisa de dinheiro, mas a mesma se defenderá, embora reconheça o erro.

“Dinheiro sempre é bom. Mas não este aqui. Eu tenho vergonha de mim”, dirá, enquanto mostra as cédulas. Em seguida ela afirmará que caiu muito baixo. Laerte vai aproveitar a situação para dizer que ela está muito sozinha e precisa de alguém. Duda dirá que precisa apenas de um abraço, é quando o homem oferece seu ombro amigo para que ela chore e se console.

Aproveitando da fraqueza da patroa, ele acabará beijando a mulher, que deixará por um momento, mas logo se afastará, pedindo que ele saia do seu quarto imediatamente. Laerte dirá que ela deveria valorizar mais o que ele sente por ela: “Um dia cê vai querer. Pode ser que eu não teja aqui. Pensa que é a única mulher no mundo?”, retrucará ele, que acabará deixando o quarto da mulher, que, sozinha, chorará bastante, afirmando sentir vergonha dela mesma.

Glória Pires interpreta Duda em O Outro Lado do Paraíso (Foto: TV Globo)

Glória Pires interpreta Duda em O Outro Lado do Paraíso (Foto: TV Globo)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar