Emissoras

Diferente da Record, funcionários do SBT não terão férias coletiva

Se você leitor, assiste os telejornais, é sempre comum reparar que eles falam que tal montadora de carros deu férias coletivas aos seus funcionários, pois então! Isso acontece quando a quantidade de funcionários é mais que suficiente para atender as demandas daquela empresa. Claro que no SBT as coisas são diferentes, afinal estamos falando de uma emissora de TV, mas a lógica por trás das férias é absolutamente as mesmas.

De uns tempos para cá, a emissora estava cogitando dar férias coletivas aos funcionários da casa. Porém essa decisão foi derrubada e agora geral vai estar trabalhando. De acordo com o colunista Flávio Ricco, a ideia do SBT é fazer com que essa produção grave muitos programas, tendo em vista que do final do ano para o inicio de 2016, muitos apresentadores vão descansar com suas famílias e então esses estoque de programas vai sendo consumido.

No caso do SBT essa decisão não está camuflada por trás de nada. Mas no caso da Record, a emissora optou por fazer isso, mas pensando de uma outra forma. A emissora mandou toda equipe se dedicar a gravar inúmeras edições de programas, temendo uma rebelião ou até mesmo uma greve. Isso porque do final de setembro para o inicio de outubro, a tensão no Recnov era bastante grande por conta da ameaça de demissões em massa.

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)