Curiosidades, Noticia, TV

Descubra por que a Record TV proibiu Geraldo Luís de participar do Programa Silvio Santos

O motivo da proibição feita pela Record de não deixar Geraldo Luís participar do Programa Silvio Santos, mais precisamente do quadro ‘Jogo das 3 Pistas’, veio à tona. De acordo com informações publicadas por Flávio Ricco em sua coluna no UOL, a emissora de Edir Macedo alegou que isso aconteceu devido ao veto que o SBT também fez por não ter liberado Larissa Manoela para o ‘Dancing Brasil Júnior’, o qual foi exibido em dezembro.

Além disso, segundo a publicação, o canal da Barra Funda ainda fez questão de justificar sua decisão a concorrente, falando que “foi um troco, uma retaliação” praticada contra a rede de Silvio Santos. No entanto, quem estava aguardando o encontro entre Geraldo e Silvio terá que ter mais paciência e esperar um pouco mais. A gravação, por sua vez, estava marcada para acontecer em novembro, antes das férias do homem do baú.

Geraldo Luís comanda o Domingo Show na Record (Foto: Reprodução)

Record proibiu Geraldo Luís de participar do Programa Silvio Santos (Foto: Reprodução)

Veto a Luiz Bacci

Silvio Santos não esconde de ninguém a vontade que tem de contratar o apresentador e jornalista Luiz Bacci para fazer parte de sua emissora de TV. Isso, não é à toa, já foi dito pelo comunicador diversas vezes em seu programa, mesmo que seja em tom de brincadeira.

Desta forma, o “menino de ouro”, que é responsável pela maior audiência da Record, acabou recebendo um convite do SBT para participar do quadro Jogo das 3 Pistas, do Programa Silvio Santos. Porém, a Record TV decidiu proibir a ida de seu contratado ao canal concorrente, a fim de se evitar qualquer tipo de negociação que o homem do baú possa vir a oferecer a Bacci.

De acordo com informações do site Notícias da TV, o alto escalação da rede de Edir Macedo resolveu vetá-lo por considerar sua liberação um “risco”, justamente pelo fato de Silvio ter a oportunidade de fazer algum tipo de proposta ao jornalista para que ele retorne a emissora em que trabalhou entre os anos de 2007 e 2010.

Veja também:

Um outro motivo que veio a fazer com que a Record barrasse o âncora do Cidade Alerta se deu em virtude das brincadeiras realizadas pelo dono do baú em seu dominical, quando ele diz que deseja ter Bacci em sua rede de TV, além de fazer frequentes perguntas as suas colegas de trabalho para saber sobre o que elas acham do apresentador de programas policiais.

Ainda segundo a publicação, Luiz Bacci possui “um vínculo bem amarrado com a Record”. Isso porque, desde que ele retornou à emissora evangélica, após ter se desligado de lá, em 2014, e ir para a Band, o contrato imposto para o âncora afirma que se ele receber propostas da concorrência estas devem ser comunicadas à direção da casa para uma possível cobertura em cima do valor que será oferecido. Hoje, Bacci ganha mensalmente R$300 mil, incluindo os merchandisings.

No mais, vale ainda ressaltar que o contrato de Bacci com a Record se encerra em fevereiro de 2019, e que até agora ele não foi chamado para prorrogá-lo por mais alguns anos. Em contato com ambas as partes, a assessoria do jornalista informou que não irá falar acerca do assunto, pois “cabe à Record autorizar ou não participações em emissoras concorrentes”. Já a Record confirmou a censura em seu contratado e ainda justificou dizendo que ela foi motivada “questões estratégicas”.

Luiz Bacci e Silvio Santos no salão do Jassa (Foto: Reprodução)

Luiz Bacci e Silvio Santos durante encontro no salão do Jassa (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar