Emissoras, Globo, Noticia

Demitida da Globo por roubo, funcionária espera retratação após descoberta do real ladrão

Um caso peculiar aconteceu dentro da TV Globo. Isso porque, há pouco tempo, um funcionária que trabalhava no canal há 36 anos se viu demitida sob a grave acusação de que teria cometidos roubo na empresa. Desligada por Amauri Soares, um dos executivos do canal, tempos depois tomou-se conhecimento do verdadeiro ladrão, a pessoa responsável pelo desfalque na emissora.

O grande problema é que, segundo o colunista Leo Dias, até hoje a mulher aguarda uma retratação por parte do canal, reconhecendo que ela não esteve envolvida em roubo algum. Até aqui nada disso ocorreu, e a mulher, que jura inocência, segue com a fama de ladra. Não sabe-se detalhes dessa acusação de roubo, nem o que teria sido levado exatamente.

Protagonistas de Malhação devem ser demitidas da Globo

Engana-se quem pensa que o sucesso de Malhação – Viva a Diferença foi o suficiente para manter as cinco protagonistas da história na Globo. De acordo com as informações do jornalista Daniel Castro, Daphne Bozaski, Manoela Aliperti, Ana Hikari, Heslaine Vieira e Gabriela Medvedovski foram contratadas apenas durante o período em que a trama teen esteve no ar e, agora, estão sem nenhum vínculo com a emissora carioca.

Veja também:

Neste momento, a Globo está indecisa sobre o futuro das atrizes. Internamente, a discussão é se elas irão ganhar contrato de longo prazo ou não, já que nenhuma está incluída nos novos projetos da emissora. Até mesmo Daphne Bozaski, que foi o grande destaque do folhetim, está com destino incerto no canal dos Marinho.

Já o autor, Cao Hamburguer, diferente de suas pupilas conseguiu se manter na Globo e está fazendo parte do time de atores da emissora. Seu novo trabalho será uma série ou uma minissérie, mas tudo ainda está nos papéis e sem previsão para iniciar as produções. Resta aguardar as cenas dos próximos capítulos e torcer para que as talentosas atrizes consigam se arranjar profissionalmente.

Mulher aguarda por retratação (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar