Celebridades

Débora Bloch revela que defende legalização do aborto

Atriz Débora Bloch saiu em defesa da legalização do aborto e das drogas. A artista estrela a capa do mês de abril da ‘Revista 29 Horas’, que é veiculada no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. À publicação, ela afirmou que a legalização é um direito da mulher e que muitas morrem ao recorrerem a cirurgias de risco para resolver o “problema”.

“Acredito mesmo que o aborto deve ser legalizado. Não por mim, por que eu faço parte de um grupo de mulheres que se precisar recorrer a isso, vai ter recurso para fazer com segurança. Mas a maioria das mulheres morre fazendo aborto”, disse Debora Bloch.

Quando o assunto é política e a atual situação em que o Brasil se encontra, ela é retórica e lembra sua infância ao citar que viveu sob a ditadura militar na época. Com isto, fica assustada e desabafa.

Veja também:

“Nunca pensei que um dia eu fosse ver pessoas defendendo a volta dos militares. São pessoas ignorantes, porque não têm a menor ideia do que foi um governo militar. Se tivessem, não estariam dizendo isso. É uma onda muito louca, retrógrada e perigosa”.

Ainda na entrevista, Debora falou sobre a legalização das drogas e das armas, duas questões que também rendem discussão para mais de metro. “A fase da Lei Seca nos Estados Unidos, em que o álcool era proibido, levou aos gângsteres, à violência e à contravenção”, explicou.

Debora Bloch (Foto: Divulgação)

Debora Bloch (Foto: Divulgação)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar