Celebridades

Datena se irrita com Fundação Rosa Luxemburgo; Saiba o motivo

Na edição do “Brasil Urgente” desta sexta-feira, dia 9 de setembro, o apresentador do jornalístico se irritou com a proposta da Fundação Rosa Luxemburgo. Trata-se de uma iniciativa para monitorar os supostos abusos que os programas policiais cometem. Esta fundação, inclusive, vai lançar um site no próximo dia 14 para receber denúncias de violação de direitos humanos em programas desse tipo, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”.

Durante o “Brasil Urgente”, José Luiz Datena comentou o assunto. “Eu não vou dizer que programa policial, às vezes, não comete abuso, não. Pode até cometer, mas bandido matando, violentando, estuprando, isso não interessa aos direitos humanos. Por que essa organização não faz um site para que os direitos humanos acompanhem essa mulher (violentada). Pergunte se essa organização (Fundação) Rosa Luxemburgo foi lá visitar essa mulher?”, questionou o apresentador.

Veja também:

“Nesse país, um rabo abana o cachorro, você está de brincadeira comigo. Ah, abuso de programa policial… abuso pode ter em qualquer lugar, pode até ter, mas, aqui, geralmente quem comete o abuso é o bandido. Não vejo uma pessoa que tem o seu filho morto, a mulher violentar, a Rosa Luxemburgo vai lá procurar? Isso tem de existir? É claro que tem que existir, mas não vejo o mesmo interesse dos direitos humanos em procurar vítimas desses crimes absurdos. Não vejo o mesmo interesse”, acrescentou ele.

Datena reclamou da Fundação Rosa Luxemburgo durante o "Brasil Urgente" (Foto: Reprodução/Band)

Datena reclamou da Fundação Rosa Luxemburgo durante o “Brasil Urgente” (Foto: Reprodução/Band)

Você também pode gostar