Celebridades

Danilo Gentili se defende de acusações de apologia ao estupro

Danilo Gentili usou sua conta oficial no Facebook para se defender de José Trajano, que acusou o humorista de apologia ao estupro. O caso irritou famosos como Monica Iozzi e Camila Pitanga, que ficaram inconformadas com o ocorrido no Rio de Janeiro, onde uma menina de 16 anos teria sido violentada por 33 homens.

O apresentador do “The Noite” escreveu um longo texto para esclarecer os fatos: “Eu, como qualquer pessoa normal, lamento muito o que houve com a moça no Rio de Janeiro. Ninguém deve ser vítima de qualquer tipo de violência (…) Ontem (sexta-feira), retiraram de contexto um post meu de 2012, em que eu ironizava mais uma das estúpidas polêmicas do ‘Big Brother’, e o publicaram como se fosse um comentário a favor do estupro da menina do Rio de Janeiro, ocorrido nesta semana, em 2016, portanto. Conseguiram o que queriam: a ira e o repúdio de muita gente contra mim”.

Na ocasião, o ex-CQC havia se referido à expulsão de Daniel no BBB 12, onde o jovem foi acusado de estuprar Monique dentro da casa do reality. Sempre polêmico, ele fez um comentário que gerou grande repercussão: “O cara esperou uma gostosa ficar bêbada para transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá para um cara desses: gênio”.

Veja também:

Danilo Gentili ainda seguiu dizendo que é comum as pessoas tentarem o difamar: “Amanhã, certamente compartilharão algo ainda pior a meu respeito. Nos próximos dias, idem”. E ainda repudiou a atitude de José Trajano: “O militante petista Trajano, usando seu distintivo de jornalista, ontem me acusou na televisão de um crime que jamais cometi (e com certeza jamais cometeria)”

Danilo Gentili rebate José Trajano

Danilo Gentili rebate José Trajano

Curtidas

Você também pode gostar