Celebridades, Noticia

Cunhado de Ana Hickmann poderá voltar aos tribunais

Na terça-feria, dia 3 de abril, a  juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Âmalin Aziz Sant’Ana, absorveu e declarou que o ato de Gustavo foi em legítima defesa, desda forma não haveria necessidade de que o mesmo vá a júri popular.

Mesmo após a absorvição, o promotor responsável pelo caso, Francisco Santiago, se pronunciou dizendo: “É um absurdo a absolvição” e completou “Não tem como aceitar a legítima defesa. (…) Vou lutar até o fim para que Gustavo Correa vá a júri popular”, afirmou.

Na sua rede social o cunhada da apresentadora se posicionou. “Agora são três decisões favoráveis a mim contra a de um promotor que insiste em me condenar. Siga em frente na sua empreitada em destruir com a minha vida que eu sigo com minha defesa. Fiz e faria tudo de novo, sempre disse isso. Saí para trabalhar enquanto esse psicopata saiu pra dizimar uma família. Segue o jogo da vida, que mais parece uma montanha russa”.

 

Ana Hickmann e o cunhado (Foto: Reprodução)

Ana Hickmann e o marido (Foto: Reprodução)

 

Veja também:

 

 

 

Você também pode gostar