Celebridades

Cristiano Araújo: Livro conta bastidores da última turnê do cantor e detalha briga com Gusttavo Lima

Nesta sexta-feira, 24 de junho, completam-se um ano do fatal acidente de carro que culminou na morte de Cristiano Araújo e sua namorada, Allana Moraes. Eles voltavam de um show Itumbiara quando tudo ocorreu. Relatos da carreira musical do jovem cantor, podem ser lidas no livro “Onze mil horas — um fotógrafo em turnê com Cristiano Araújo” que será lançado essa semana.

Escrito por Flaney Gonzallez, o livro trás histórias dos bastidores da turnê do sertanejo e relata uma briga que ele teve com Gusttavo Lima. “Uma série de desencontros, conversas truncadas e alfinetadas levaram os dois a um bate-boca muito feio pelo celular. Desde então, praticamente se odiavam”, diz um trecho. Flaney conta que a intenção de Cristiano Araújo era fazer as pazes com o cantor Gusttavo Lima.

“Ninguém sabe ao certo o que houve. Eram amigos e, de repente, não eram mais. Cristiano desconfiava que poderia ser coisa da equipe de um e de outro, afinal, eram concorrentes”, diz o autor. Além da briga, Flaney conta ainda nas 400 páginas do livro outras histórias sobre o cantor. Uma delas que Cristiano demitiu vários assessores de imprensa porque não conseguiram emplacá-lo no “Domingão do Faustão”.

Veja também:

“Era o sonho dele. Voltar ao programa após ter participado do ‘Garagem do Faustão’. Cristiano queria mostrar sua evolução naquele palco. Morreu sem conseguir”, relata. O sertanejo não sabia, mas sua equipe e a do programa da Globo estavam negociando uma apresentação que possivelmente iria acontecer numa data um mês após a morte dele. Porém, o fatídico acidente de carro acabou com o sonho dele.

Morte de Cristiano Araújo completa um ano esta semana (Foto: Divulgação / Fernando Hiro)

Morte de Cristiano Araújo completa um ano esta semana (Foto: Divulgação / Fernando Hiro)

Você também pode gostar