Celebridades

Criolo faz alteração em música com verso pejorativo a transexuais

O cantor Criolo foi acusado transfobia por causa de uma música antiga de sua autoria. A canção “Vasilhame”, do álbum “Ainda há tempo”, de 2006 tinha um verso de menção pejorativa a transexuais, “Os traveco tão aí, oh! Alguém vai se iludir”, dizia a versão original, que agora foi alterada para: “O universo tá aí, oh! Alguém vai se iludir”.

“Quando você é jovem, pode magoar alguém sem saber. Não porque você é mau, mas porque ninguém falou para você que aquilo poderia ser ruim. Não foi só essa modificação que fiz nas letras. Revi tudo e mudei aquilo que não tinha necessidade de ficar. Não tenho problemas em dizer que errei”, afirmou ele, em entrevista ao jornal “O Globo”.

Veja também:

Cabe lembrar que recentemente o apresentador Otaviano Costa também foi apontado como transfobico ao usar o termo “traveco” para denominar um travesti ao vivo durante o “Vídeo Show”. Para esclarecer a brincadeira que não foi má intencionada, o marido de Flávia Alessandra publicou um vídeo em seu perfil no Instagram pedindo desculpas aos travestis.

Criolo mudou verso ofensivo de música

Criolo mudou verso ofensivo de música

Você também pode gostar