Crianças esnobadas por jogadores do Flamengo entraram em campo com atletas do Nacional-AM

Uma grande polêmica envolvendo o Flamengo com seus torcedores mirins aconteceu no último domingo (27), na derrota rubro-negra para o Vasco por 2 a 0, que resultou na eliminação do Campeonato Carioca. Ao entrar em campo, o Flamengo quebrou o protocolo e esnobaram as crianças, entrando em campo correndo, com uma bandeira, que foi fincada no meio do campo.

Comovido com a frustração dos pequenos flamenguistas, o presidente Mario Cortez convidou as crianças para entrarem com a equipe profissional do Nacional-AM, no jogo contra o Dom Bosco, válido pela Copa do Brasil. Um dos meninos comentou a experiência: “É legal, mas não é a mesma coisa que entrar com o Flamengo”, disse Gabriel Evangelista.

Rodrigo Santoro, pai de Bernardo, de 10 anos, falou sobre a rejeição dos atletas rubro-negros:  “O Paulo Victor e o Jorge, o lateral esquerdo, cumprimentaram as crianças antes, mas o Wallace entrou com aquela bandeira super antipático e contaminou o restante do grupo. Ele entrou olhou pra trás como ‘está todo mundo aqui’ e saiu correndo e os outros jogadores não entenderam nada e correram também”.

Torcedores mirins do Flamengo entraram com equipe do Nacional-AM
Torcedores mirins do Flamengo entraram com equipe do Nacional-AM
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários