Noticia, Novelas, TV

Conselho de Relações Públicas critica Segundo Sol

Na última segunda-feira, 28, foi ao ar uma cena em Segundo Sol na qual Ícaro, personagem vivido por Chay Suede, diz para sua irmã Manuela (Luisa Arraes), que agora virou relações públicas – mas ele é, na verdade, um garoto de programa.A menção equivocada causou reações negativas. Alguns profissionais do setor e, por isso, o Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas (Conferp) se pronunciou por meio de uma nota, ressaltando o papel de um relações públicas.

Em nota publicada em seu site oficial, a entidade diz que “apesar de a novela Segundo Sol se tratar de uma obra de ficção”, ela tem “impacto na formação da opinião pública” e ressalta que a profissão é regulamentada pela Lei 5.377, de dezembro de 1967, que “somente podem exercê-la profissionais com nível superior e registrados no respectivo conselho regional“.

Há alguns meses, outra novela da emissora foi alvo de críticas por um conselho profissional. Em fevereiro, o Conselho Federal de Psicologia publicou uma carta aberta contra o fato de a personagem Laura, que tem traumas decorrentes de abusos sexuais que sofreu, ter procurado ajuda de coaching e sessões de hipnose em vez de se consultar com um psicólogo.

Veja também:

Na época, o CFP disse: “As pessoas devem buscar terapias adequadas conduzidas por profissionais habilitados para os cuidados com a saúde, particularmente a saúde mental“.

Ícaro de Segundo Sol (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar