Entrevistas Exclusivas

Confira a entrevista exclusiva com o ator Rodrigo Andrade

O jornalista Igor Martim realizou mais uma entrevista exclusiva para o site Famosos na Web, dessa vez ele entrevistou o ator Rodrigo Andrade, o mesmo já atuou em novelas como “Ciranda de Pedra”, “Caras & Bocas”, “Insensato Coração”, “Gabriela” e tem como última “Êta Mundo Bom”. Abaixo confira o bate papo exclusivo com o ator!

Igor Martim: Em algum momento ficou assustado quando teve que contracenar com atores renomados e que antes você assistia na TV?

Rodrigo Andrade: Sempre me senti motivado me espelhando neles e trabalhei para isso. Não fiquei assustado, fiquei honrado. E se querem saber o que senti na primeira vez, orgulho é a palavra.

Igor Martim: Um ator ruim e que possui carisma ganha sobrevida na carreira na televisão? Quais desses teatro, cinema e TV costumam ser flexíveis com a falta de aptidão de alguns profissionais?

Rodrigo Andrade: Não gosto desse termo ator ruim ou bom. Tem ator que toca o coração do público mas não o dos críticos. Uns estão mais preparados e outros menos, isso acontece em qualquer profissão, prefiro não julgar.

Ator Rodrigo Andrade (Foto: Divulgação)

Igor Martim: Como funciona seu processo de memorização, tanto em seu trabalho como ator e como cantor em decorar letras de músicas?

Rodrigo Andrade: No meu caso é bem natural, eu primeiro entendo o que o texto quer dizer depois leio poucas vezes e já decoro. Na música é mais complicado, porque eu decoro as melodias e tenho mania de brincar fazendo paródias. Depois é um trabalhão eu decorar a letra certa (risos).

Igor Martim: Existe preconceito ainda no Brasil com atores que conciliam a vida de ator com cantor?

Rodrigo Andrade: Na verdade existe preconceito com tudo. Eu simplesmente não penso, não dou ouvidos e não opino para não alimentá-lo. Preconceito basta não dar ênfase e ele não se alimenta. É assim que penso.

Ator tem 33 anos de idade (Foto: Divulgação)

Igor Martim: Em algum momento sentiu sua felicidade escapar das suas mãos e não teve como resgatar?

Rodrigo Andrade: Uma vez pescando no pantanal peguei um dourado de uns 12 quilos e ele escapou antes de poder fotografá-lo, foi um momento triste… (risos).

Igor Martim: Como define seu estilo musical?

Rodrigo Andrade: Minha base é e sempre foi a música sertaneja, mas gosto de misturar estilos para criar a minha identidade.

Igor Martim: Por que ainda existem críticos de músicas que menosprezam tudo que é popular?

Rodrigo Andrade: Vi nenhum crítico relevante menosprezar o estilo. O que vi foi muitos “achismos” e opiniões pessoais ganhando espaço na mídia. Acontece…

Rodrigo Andrade também é cantor (Foto: Divulgação)

Igor Martim: Você trabalhou como modelo. Existia algum desconforto em as pessoas elogiarem sua aparência e o que você é de verdade, sua essência ficar em segundo plano?

Rodrigo Andrade: Pra ser sincero no início de minha carreira muitas pessoas se aproximavam de mim apenas por interesse carnal, quando percebiam que não ia rolar nada, deixavam de ser meus “amigos”. Isso me deixou muito triste diversas vezes, é como se a gente não tivesse mais nada a oferecer a não ser a aparência. Hoje tenho pena dessas pessoas, perderam a oportunidade de ter um grande amigo.

Igor Martim: O processo de testes para entrar em uma novela é árduo?

Rodrigo Andrade: Fiz mais de 10 testes até conseguir algo legal. Hoje entendo que faz parte do processo e é necessário.

Igor Martim: Poderíamos afirmar que a indústria fonográfica brasileira anda “sucateada”? Gravadoras atualmente não garante tanta estabilidade para o artista como antes?

Veja também:

Rodrigo Andrade: Acho “sucateada” uma palavra forte. Na verdade o mercado mudou muito nos últimos anos e algumas não acompanharam essa mudança. Hoje o artista que faz um trabalho correto não precisa de gravadora para ganhar dinheiro. Mas a evolução continua, algumas gravadoras hoje estão investindo e fazendo trabalhos bem sérios, consequentemente vão colher os frutos e retomar o lugar que sempre foi delas.

Igor Martim: Qual o critério na escolha das suas músicas para compor seu álbum?

Rodrigo Andrade: No último disco a gente se preocupou muito com o comercial, com o momento. Isso consequentemente para refletir em execuções em rádios e vendas de shows. Nesse novo trabalho que estamos começando a produzir estamos trabalhando um pouco diferente, vamos apostar em algo novo.

Igor Martim: Já consegue definir um perfil do seu público em suas apresentações? O que eles estranhariam ouvir em seus shows?

Rodrigo Andrade: Sim, tenho um público muito amplo, de crianças a idosos. Eu toco de tudo um pouco nos shows e meu público sabe que sou meio “maluco” vou de Tião Carrero e Pardinho a Mamonas Assassinas.

Rodrigo Andrade (Foto: Divulgação)

Igor Martim: O que sua arte respira e o que faz ela perder o oxigênio?

Rodrigo Andrade: Verdade. No meio muitas vezes nos deparamos com mentiras, com pessoas que se incomodam com o nosso sucesso e fazem de tudo para tentar nos derrubar. Tem uma frase que gosto muito, “Quando Deus quer, até quem tenta atrapalhar acaba ajudando”. E assim que a gente toca o barco!

Igor Martim: O que não abre mão na concepção do seu trabalho?

Rodrigo Andrade: Profissionalismo.

Igor Martim: Como foi interpretar o Berto no remake “Gabriela”? Cenas ousadas causa um maior desconforto sempre na atriz e não no ator?

Rodrigo Andrade: Berto foi o maior presente que já ganhei na TV. Até hoje sinto saudades, porque era muito divertido e prazeroso. Quanto as cenas ousadas eu nunca tive problemas, faz parte do trabalho, estávamos todos ali para um bem maior que era a novela então nunca foi um tabu.

Igor Martim: Qual o ator ou atriz pretende contracenar algum dia?

Rodrigo Andrade: Gostaria muito de voltar a contracenar com minha eterna “vóinha” Laura Cardoso. Eu amo ela!

Igor Martim: Já chegou ao ápice da felicidade? Qual o conceito dela em sua vida?

Rodrigo Andrade: Não, acho que a gente sempre tem que buscar algo, e isso estimula para continuarmos a vida. Na minha opinião felicidade se resume a momentos, os altos e baixos da vida é o que a deixa interessante.

Ator Rodrigo Andrade (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar