Audiência da TV

Com cobertura dos atendados em Paris, audiência do “Jornal da Globo” cresce 68%

Na última sexta-feira, dia 13 de novembro, o mundo parou para acompanhar as notícias dos atentados terroristas que ocorrerem em Paris. Em posse de armas automáticas e bombas, homens estiveram em pontos movimentados da capital francesa onde mataram 128 pessoas e deixaram dezenas de feridos.

Assim que a notícia chegou ao Brasil, os telejornais começaram a exibir as primeiras informações sempre buscando deixar os telespectadores atualizados da tragédia. O “Jornal Nacional”, por exemplo, deu enfoque quase que total ao ataque terrorista. O “Jornal da Globo” também fez o mesmo.

No frescor de novas informações, o noticiário comandado por William Waack mandou muito bem na cobertura dos ataques na França. De acordo com dados prévios da Grande São Paulo, a audiência do jornalístico cresceu em relação as semanas anteriores. As informações são da colunista Keila Jimenez.

Veja também:

O “Jornal da Globo”, na noite dos ataques, teve média de 13,8 pontos Foi um crescimento de cerca de 68%, já que nos demais dias o telejornal obtém média de 8,2 pontos. Mesmo com poucas informações, William Waack conseguiu fazer uma excelente cobertura dos atentados promovido pelo Estado Islâmico.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Curtidas

Você também pode gostar